Atendimento:
(11) 3259-7049

contato@gamito.com.br

Aumenta o número de profissionais que trabalham remotamente, diz pesquisa

Um estudo da Market Analysis sobre o trabalho fora do escritório no Brasil revelou que 30% dos profissionais realiza algum tipo de atividade remota durante o mês. O resultado representou um aumento de sete pontos percentuais em comparação com quatro anos atrás, quando a empresa realizou o primeiro estudo sobre o tema.

Pouco mais da metade dessas pessoas (52%) faz isso quase todos os dias. Assim como na análise anterior, boa parte deste trabalho remoto é feito de casa: 35% de quem "teletrabalha" afirma que esse é o local alternativo ao escritório na maioria das vezes.

O destaque neste ano foi o trabalho "nômade". Cerca de um terço dos entrevistados apontou que já trabalhou "na rua", "no shopping" ou "no supermercado", com a ajuda de telefones celulares e tablets.

Quase metade dos profissionais (45%) adotam o trabalho remoto por escolha própria (seja porque solicitaram essa opção ou porque esta lhes foi oferecida pelo empregador), mas para quase um quarto (27%) ouvidos, esse forma é uma exigência da empresa.

Os motivos para adoção do trabalho remoto e móvel vão desde o melhor aproveitamento do tempo (29%), a busca pelo equilíbrio entre vida pessoal e profissional (20%), a necessidade de estar disponível a qualquer momento (17%) e até a diminuição de custos da empresa (11%).

A pesquisa foi realizada entre julho e agosto deste ano com 498 adultos em nove capitais brasileiras.

Fonte Folha de São Paulo

Notícias


Av. Paulista, 2202 6º andar, cj. 61 - Cerqueira César - CEP 01310-300 - São Paulo-SP / Tel: (11) 3259-7049 / E-mail: contato@gamito.com.br